Arquivo para agosto, 2007

Lista 7 – Encargos de Patrulha

Cada um de nós tem características bem diferentes uns dos outros (beeem diferentes…), por isso, durante nossa jornada assumimos legítimos Encargos de Patrulha:

– Aguadeiro: Rocha (ele carregou na mochila, pelo menos, 2 litros de água todos os dia);

– Copeira: só podia ser a doente da Carol, que é a única pessoa no mundo que gosta de lavar louça!

– Cozinheira: Eve (ainda vai entrar na contabilidade da viagem o n.º absurdos de sanduíches que a Eve preparou nos mais de 30 dias);

Almoço na Westminster Almoço na Westminster 

– Tesoureira: Carol (alguém tinha que saber somar …);

– Escriba/Secretária: Carol (… e escrever, e ser organizada… );

– Mulher-bússola: Carol (já tá acumulando cargos!);

Madrid

– Almoxarife: Rocha (coitado* ! Carregou tudo naquela mochila o tempo todo para as bonitas andarem de bolsa!!!);

A organização do Almoxarife!!!

 E conquistamos Especialidades também:

– Língua Alemã: Rocha

– Língua Francesa: Eve (se bem que o Rocha acha que também conquistou, coitado* !!!)

– Língua Italiana: Carol (se ela resolvesse falar, né?!?!)

– Barbearia / Pechinchadora / Comunicação: Eve

– Sales: Carol

Carol

– Sobreviência: Rocha (adivinhem como a Eve conquistou a Especialidade de Barbearia???)

– Enologia / Cervejaria: Toda Patrulha!!! 

Lojinha boa em Firenze Brinde em Berlin

* Allard, o uso da palavra “coitado” não é no sentido que tu estás pensando!

Anúncios

Lista 6 – Pequenas Coisas Maravilhosas

Todos lugares que visitamos são incríveis, mas às vezes o que marca mesmo são as pequenas coisas… coisas que certamente sentiremos falta, por mais que também existam no resto do mundo!

– O metrô de Madri;

– O pátio de convivência do albergue de Madri (“Eu preferi o de Firenze” – Carol);

– A pizza de Roma;

– O sorvete italiano;

– O clima de descontração de Firenze;

– O trânsito de Berlin;

– O Red Light District (Rocha);

– As panquecas holandesas do Allard;

– A beleza e limpeza das cidadezinhas holandesas;

– “Mind the Gap”;

– Pint no Reino Unido… inesquecível!!!!

– Whisky na Escócia;

– O respeito à diversidade cultural no Jamboree;

– O pão francês;

– O visual da Escócia;

Lista 5 – Piores Momentos

“Cada momento ruim traz uma lição de vida”

– Dormir na escadaria da estação de metrô de Madri;

– Pagar a passagem aérea para Roma;

– O calor insuportável de Firenze;

– As 12h de viagem e os 3 trens Firenze/Berlin;

– As 9,5h de viagem Londres/Edimburgo com a Carol enjoada e vomitando;

– As 9,5h da volta;

– A Áustria;

– O cheiro de asa;

– Red Light District (Eve);

– Pagar pelo excesso de bagagem ao sair da Holanda;

– Vestir 8 blusas, 2 calças, 6 meias e 2 casacos pra não ter excesso de bagagem ao sair de Londres (e é claro que teria sol e calor justamente naquele dia! – Carol);

– O retorno pra POA (interprete como quiser!).

Lista 4 – Filmes para revermos depois da viagem

Filme Alguns filmes que assistiremos com outros olhos depois de tudo isso:

– Coração Valente

– O Código da Vinci

Louvre

– Harry Potter

Ponte do Harry Potter

– Ben Hur 

– Moulin Rouge

Moulin Rouge

– O Diário de Bridget Jones

– Amelie Poulin

– Mr. Bean

Carrinho do Mr. Bean

– Albergue Espanhol

– Missão Impossível 3

– Gladiador

Coliseo

– Um Lugar Chamado Notting Hill

– A Lista de Schindler

Museu da História Judaica 

Muro de Berlin

 Brandenburg Gate

– Transporting

– Monty Phyton (A Busca do Cálice Sagrado)

Castelo na Escócia Cartaz do Monty Phyton

– Ou Tudo Ou Nada

– A Rainha

A Rainha

Escócia

01, 02 e 03/08/2007 – Escócia

Tudo por lá vale a pena. O Whisky, a paisagem campestre, a Pint, o Whisky, o castelo histórico, os pubs, o Whisky, as pessoas, a diversificação, o Whisky…

Waterfalls

Destilaria

Bah!

Além do mais, o festival que estava ocorrendo em Edinburgh tava d+.

ssm11523.jpg ssm11541.jpg ssm11440.jpg ssm11435.jpg

Esse hostel que ficamos foi o mais caro, mas sem dúvida o melhor em infra! Pub próprio, chuveiros nos quartos, Internet grátis, som ambiente, cozinha moderna… Parecia mais um hotel!

Albergue escoces

Os passeios que fizemos pelas cidades vizinhas foram legais, mas não tão legais quanto a visita à Destilaria do Bells 🙂 Whisky 8 anos, Nunca Mais! Agora só 12 pra cima 🙂 Além da destilaria, passamos por uma ponte onde gravaram o Harry Potter, conhecemos o bonitinho Hamish (“Mas eu acho que ele tem que cortar a franja!” – Carol), e visitamos umas waterfalls (“Fala sério! Quinze centímetros de queda! Eles não sabem de nada!” – Carol

Ponte do Harry Potter

Castelo de Edimburgo

Hamish

 

“A terra do Sean Connery é digna de parabéns. Lá, eu me senti o próprio Highlander” (Rocha). Afinal de contas, “Os escoceses são os gaúchos do Norte!”. Tudo lembra: a tradição, a paramentação própria, a paisagem diferente, o orgulho de ser escoceses (ainda que pertença ao UK).

– “Sempre achei a bombacha a vestimenta mais confortável do mundo.. até usar um KILT! Me sinto muito sexy usando hehehehehe! Certamente voltareia à Escócia, mas pilchado!” – Rocha

Escoces

Depoimentos:

 

ssm11485.jpg ssm11450.jpg
ssm11457.jpg ssm11458.jpg

– “O país que eu mais gostei! Tirando o frio, tudo é legal, as cidades são limpas, bonitas, e as pessoas também… hahaha!!! O Rocha tem razão, o orgulho que eles têm por suas tradições encanta!!!” – Carol

Tipica Escocesa Carol na destilaria  Gaucho do Norte
Bom de mais
brinde

Jamboree 2007

31/07/2007 – Chelmsford – UK

 Jamboree 2007 – “Um Mundo, Uma Pomessa”

Jamboree 1

O maior encontro escoteiro do mundo não teve comparação!
A emoção de estar num Jamboree com mais 40.000 escoteiros só pode ser sentida por aqueles que um dia fizeram a sua Promessa. Pois é preciso entender que fazemos parte de 250 milhões em todo o mundo e que cada um tem o seu dever através da sua Promessa.

Jamboree 2

 Jamboree 9

Ver escoteiros de Kilt, Turbante e até mesmo Burca – e todos usando os seus lenços – faz a gente entender o tema “Um Mundo, Uma Promessa”.

Jamboree 3 Jamboree 6 Jamboree 7

Fomos 100% bem recebidos e as diferentes nações escoteiras nos cumprimentavam com se fossemos amigos há anos.

Jamboree 4 Jamboree 8

As estruturas montadas no Hyland Park eram bem variadas. Desde palco (estilo Planeta Altlântida) e mercadinhos até Sub-campos e base de atividades. A Vila das Nações, com amostra de cada país era bem interessante (Só achei a do Brasil meio pobre – Rocha).
Jamboree 9 Jamboree 6 ssm11360.jpg

A questão mais importante do Jamboree:
“Quais são as duas coisas que você irá fazer, ao voltar pra casa, para tornar o mundo melhor?”
– Eu vou voltar pra minha Tropa com força total! – Rocha

Jamboree 5

Lista 3 – O que aprendemos:

Nesta viagem aprendemos …

– que a melhor forma de não esquecer aniversários é a holandesa: calendário pendurado na frente do vaso sanitário;

– a jogar papel higiênico no vaso;

– a andar do lado direito da escada rolante;

– que pagar por excesso de bagagem não é legal;

– que crianças de 10 anos não devem andar em carrinhos de nenê, nem em coleiras;

– Mind the gap;

– a fazer reservas com antecedência;

– a se certificar que o trem não cruza países como o “Irã” durante a viagem;

– que o balcão de informações não é o melhor lugar para pedir informações;

– que a chapinha é indispensável;

– que o uso diário de desodorante por espanhóis é item básico para a sobrevivência dos turistas;

– que o metro é o melhor meio de transporte de uma grande cidade (exceto o de Roma!);

– que não precisávamos de duas calças jeans cada um;

– que Fanta quinoto cura tuuuuudo!

– a multiplicar por 3(€) e por 4(£);

– que a “ginco bilonga” dos espanhóis é maior que a dos brasileiros;

– que realmente há 250 milhões de escoteiros (e que todos eles estavam na Europa);

– que andar nos famosos ônibus vermelhos de dois andares de Londres não é “divertoso”, e pode ser prejudicial à saúde;

– que dos 12 astronautas que foram à lua, 9 foram escoteiros;

– que não existem lugares que não cobram taxas;

– que Porto Alegre podia ter uma ciclovia de verdade (mas que a Carol não sobreviveria uma semana); 

– que sempre vale a pena ter sanduiches na bolsa, quer dizer, na mochila do Rochinha;

– que o Brasil é o melhor país do mundo, mas que a Alemanha está alcançando;

– que podia ser pior!